Perigos da internet: crime virtual e risco à saúde

Perigos da internet: crime virtual e risco à saúde

Perigos da internet: crime virtual e risco à saúde


Autores:
Dr. Thomás de Figueiredo Ferreira
Dr.ª Michele Scabello Terzariol


Sabemos que hoje não vivemos sem a internet. A mesma facilitou a comunicação, o conhecimento, estudos nas escolas e grandes universidades, a informação de forma rápida e eficaz. Mas não podemos negar que, infelizmente, ela também é usada para grandes golpes, tanto em adultos quanto crianças.

Separamos aqui os maiores riscos que adolescentes e crianças correm quando navegam a internet, servindo de alerta para pais e adultos responsáveis que o perigo pode estar no seu escritório, no quarto do seu filho ou na sala da sua casa.

A internet possibilita o aumento constante da pornografia e prostituição infantil. Imagens e materiais são usados como exploração sexual e mercado de compra e venda o tempo todo. Isso não é segredo para ninguém, mas vale o alerta.

Outro grande risco que deve ser citado é o assédio virtual, cyberbullyng.  Por trás de brincadeiras, aparentemente inocentes, pode ter um comportamento perverso. As consequências podem ser sérias quando atingem os adolescentes e principalmente crianças, casos extremos podem levar até ao suicídio.

Grande risco também, já comentado anteriormente, é o sexting, ou seja, divulgação de conteúdos sensuais e sexuais através de celulares ou outros meios de comunicação. A conversa de mandar “nudes” pode acontecer com as crianças e adolescentes, além de chantagem que pode ser feita através da internet, chamada de sextorsão.  Ameaças e mensagens intimidadoras para divulgação e propagação de vídeos e imagens podem ser usadas por criminosos que querem continuar a exploração sexual ou mesmo ter relações com a vítima.

Os estudos mostram que as vítimas dessa exploração e violência sexual procuram tratamentos por enfrentar problemas como:

  • Sentimento de culpa
  • Sentimento de autodesvalorização
  • Depressão

As relações interpessoais também sofrem interferências significativas:

  • Relacionamentos transitórios
  • Apresentam uma tendência a supersexualizar essas relações (promiscuidade sexual e prostituição).

Consequências sérias e muitas vezes irreversíveis devem ser mais valorizadas e merecem mais atenção dos pais, cidadãos comuns, dos profissionais de saúde e do Poder Judiciário.

Felizmente a Justiça não tem se mostrado ausente ou simplesmente ignorado os fatos graves que tem acontecido em nosso meio social e virtual.  Isso mostra que a tolerância, solidariedade e o respeito ainda são valores protegidos e resguardados.

Os crimes cibernéticos ou eletrônicos têm recebido a resposta firme do Estado através do Poder Judiciário e Delegacias de Polícia especializadas em crimes cibernéticos, uma vez que todas as condutas são alcançadas pela legislação penal atual.